António Patrício

    0
    15

    António Patrício nasceu no Porto em 7 de Março de 1878 e faleceu em Macau em 4 de Junho de 1930. Frequentou o Liceu Rodrigues de Freitas, no Porto e fez o Curso de Medicina na Escola Médica do Porto. Segue a carreira diplomática em 1911 como cônsul em Cantão e, quando faleceu, ia a caminho de Pequim, onde ia tomar posse como ministro de Portugal.

    É o escritor português que, com a sua singular sensibilidade, melhor faz a síntese do saudosismo com o simbolismo, sofrendo ainda influências de Nietzsche na sua tensão dionisíaca. É a Saudade que dá o tónus à sua obra, em paralelo com a Morte, com a nostalgia do Absoluto e a infinitude do Amor ou a nostalgia da Fé.

    Livros do Autor